Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página

Artigos

23/01/2013

O administrador “Murphy”

O administrador “Murphy”

Há algum tempo observo pessoas falando de grandes oportunidades, negócios altamente rentáveis, chances de se ganhar muito dinheiro. No entanto, as mesmas pessoas que falam dessas oportunidades são as mesmas que nada fazem para aproveitar essa grande chance. Algumas dessas pessoas são povoadas de pré-juízos, ideias prontas, verdades sem comprovação e muitas delas são administradores.

Quando se fala em pré-juízo é quase impossível não pensar nas chamadas “leis de Murphy”. Essas leis foram inventadas por um militar da força aérea estadunidense quando desenvolviam um equipamento de medição. O aparelho por ele criado foi instalado por um técnico e ao utilizá-lo houve uma pane. Murphy foi chamado para consertar o equipamento quando percebeu que a instalação estava toda errada, assim formulou a frase: “Se alguma coisa tem a mais remota chance de dar errado, certamente dará”.

Um administrador “Murphy” começa por pensar: “Nada é tão fácil quanto parece”. Ele observa as circunstâncias com desconfiança, faz muitos cálculos, pensa sobre o assunto e chega a uma conclusão, pois: “Conclusão é o ponto onde você ficou cansado de pensar”. Este mais novo administrador tomou uma decisão, ele vai encaminhar as questões que precisa resolver e pensa: “Toda vez que você decide fazer algo, tem sempre outra coisa para ser feita antes”. Realmente, percebe o administrador, não era tão simples quanto parecia, ele é que estava cansado de pensar e decidiu pelo cansaço.

Quando ele percebe que a questão que vinha antes da principal pode ser resolvida, conclui que: “Qualquer coisa leva mais tempo do que você espera”. Ele tem as prestações para pagar, família para alimentar, enfim, suas contas não se pagam sozinhas, mas mesmo assim a oportunidade ainda parece muito boa e ele retoma o pensamento sobre levar adiante sua decisão. Deste modo, se lembra que precisará de pessoas, quando se dá por conta que: “Todo cargo tende a ser ocupado por um funcionário não qualificado para desempenhar suas funções”, lembrando-se da falta de mão de obra na região.

Mas, o adminstrador Murphy não se dá por vencido, percebe que a falta de preparo torna a mão de obra mais barata, isso facilitaria o seu negócio, mas: “Se alguma coisa parece que está indo bem, obviamente você se esqueceu de algo”. Realmente, ele percebe que essas ideias todas são muito boas, mas acaba percebendo que: “Toda solução cria novos problemas”. Assim ele permanece sentado, sem fazer o menor movimento em direção à sua oportunidade de ganhar muito dinheiro, pois: “Não há melhor momento do que hoje pra adiar pra amanhã o que você não vai fazer nunca”.

Um administrador que se pautar por Murphy jamais tomará alguma decisão, geralmente ele é levado a decidir em função de uma série de fatores, mas sempre levando em conta: “Se você perceber que há quatro maneiras de uma coisa dar errada, e driblar as quatro, uma quinta maneira surgirá do nada”. Mesmo nos tempos de bonança este tipo de administrador está vivendo uma tempestade, não há tempo para reparos, aperfeiçoamento. Muitos destes administradores têm ideias perfeitas, mas pré-juízos que os levam para longe dessas ideias, afinal: “Se alguma coisa pode dar errada, acontecerá”. As frases de Murphy foram retiradas da internet, site: http://www.1001inutilidades.com.br/murphy.htm, dia 20.01.2013.

Rosemiro A. Sefstrom

Carregando sistema de comentários
Veja todos os artigos