Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página

Artigos

15/07/2013

Duas Frases do Caminho

Duas Frases do Caminho

Queridos leitores que vocês estejam em paz. No caminho de Santiago, trilha milenar que fica na Espanha e que percorri duas vezes, tive algumas experiências indizíveis. Bem que gostaria de tentar dizer, mas há momentos em que as palavras são limitadas, parecem uma forma. O que dizer? É que existe uma diferença entre falar do caminho, escrever sobre o caminho e viver o caminho.

Uma tentativa de escrever e mostrar o caminho foi o livro “Compostela – Muito além do Caminho de Santiago” com seu texto leve e suas belas fotos coloridas, livro escrito a dois corações com o amigo Mhanoel Mendes. Penso que até conseguimos, em alguns momentos, mas é impossível resumir 800 quilômetros de caminhada em um sentimento, em uma palavra.

O caminho imita a vida. Sentimentos, sensações, conclusões e insights vivenciados lá, não deixei no caminho, os trouxe comigo e caminham na minha jornada até hoje.

Das tantas experiências relevantes e interessantes, quero hoje ressaltar as pichações nos muros, cercas, prédios, pontes e viadutos. E o mais interessante é que, geralmente, eram escritos engajados, críticos, politizados.

O primeiro escrito foi fotografado em uma ponte próximo à Melide e falava sobre o amor universal, criticava as nações bélicas que querem impor suas ideologias a força.

Diz a frase escrita com letras verdes em um fundo branco: “Há algo muito mais apaixonante que matar, deixar viver”. Abaixo dessa frase, o autor direcionava a mensagem: “Bush assassino”, em uma alusão ao ex-presidente dos Estados Unidos, Bush bomba filho.

Mas as frases não param por aí. De dezenas delas, destaco agora a que encontrei escrita com tinta vermelha em um muro de uma igreja próximo a Viana, também no Caminho de Santiago. “Quien soy? Mira en tú corazón.” Há tantas interpretações para essa frase, mas vale ressaltar que, para mim, ela queira dizer aos caminhantes para “olharem” para dentro, para seus interiores, pois é ali que está a grande força, a grande fortaleza de cada um.

Talvez buscamos fora quando não reconhecemos dentro.

Lembrando que isso é assim para mim hoje.

Beto Colombo

Carregando sistema de comentários
Veja todos os artigos